Boletim 815 - E, assim, estaremos para sempre com o Senhor. (1Tessalonicenses 4.17) | Primeira Igreja Presbiteriana de Porto Velho

Boletim 815 - E, assim, estaremos para sempre com o Senhor. (1Tessalonicenses 4.17)

Até as mais agradáveis visitas de Cristo são breves e transitórias. Em um momento, nossos olhos o vêem e nos regozijamos com alegria indizível e cheia de glória” (1 Pedro 1.8), porém, no momento seguinte, nosso Amado se retrai de nós. Em semelhança de uma corça ou um jovem cervo, Ele salta pelas montanhas. Oh! quão agradável é pensar sobre o tempo em que não mais O contemplaremos à distância e O veremos face a face! Ele não será mais como um viajante que se demora apenas por uma noite. Ele nos envolverá eternamente no seio de sua glória! Não O veremos apenas por um pouco, mas durante milhões de anos nossos olhos surpresos, deverão vaguear sobre as belezas de nosso Senhor; E durante incontáveis eras, adoraremos, as maravilhas de seu amor. No céu não haverá quaisquer interrupções causadas pelo pecado ou por inquietações, nenhum choro ofuscará nossos olhos. Nenhum compromisso humano distrairá nossos pensamentos felizes. Não teremos nada a nos impedir de contemplar para sempre o Sol da Justiça, com olhos incansáveis. Oh! se é tão agradável contemplar a Jesus de vez em quando, como será agradável fitar sua face bendita para sempre, quando não teremos nenhuma nuvem se interpondo entre Ele e nós e nunca precisaremos afastar os olhos para contemplar um mundo de fadiga e miséria! Dia bendito, quando amanhecerás? As alegrias do mundo real nos abandonarão logo que quiserem, pois este querer traz compensações gloriosas. Se morrer significa entrar em comunhão ininterrupta com Jesus, então, a morte é realmente lucro, e a gota escura é submergida no oceano da vitória!

     

Tem alguma pergunta?










Obrigado por visitar o nosso site, ele foi desenvolvido pensando em servir você.